Rock Tintas

Problemas e Soluções de tintas durante aplicação

Secagem retardada

Pode ser causada pelo ambiente úmido ou de temperatura muito baixa, camada excessiva de tinta ou utilização de solventes não recomendados impedindo que o solvente evapore.
Por essa razão deve-se evitar a pintura em dias chuvosos ou muito frios (abaixo de 10ºC). A não preparação correta da superfície pode causar também esse problema.

Cobertura Insuficiente

A diluição excessiva da tinta torna a espessura do filme inferior a ideal.
Para corrigir, adicionar tinta não diluída. A não homogeneização adequada da tinta na embalagem também pode causar uma cobertura deficiente na aplicação, já que os pigmentos tendem a assentar.
Superfícies muito absorventes não seladas podem trazer o problema em questão.

Escorrimento

Diluição excessiva e utilização de solventes não especificados, são razão para que a tinta escorra, por isso devem se evitados.
Dificuldade de Aplicação
A tinta pode se tornar “pesada” na aplicação se não for diluída suficientemente.

Falta de Alastramento

A tinta se espalha ao longo da superfície. Pode ser decorrência de diluição insuficiente ou de aplicação de camadas muito finas.

Formação de Espuma em madeira

Ocorre quando a pintura é feita em superfície demasiadamente úmida. Pó isso deve-se certificar que ela esteja devidamente seca antes da pintura. Pode ocorrer também devido ao excesso de diluição dado á tintas ou tipo de equipamento utilizado.

Diferença de Brilho

Pode ocorrer quando aplicamos uma tinta fosca ou acetinada sem a devida homogeneização, fazendo com que a película de tinta na superfície fique brilhante. Por isso ao adquirirmos qualquer tipo de tinta devemos homogeneizá-la devidamente com espátula retangular, não utilizando chave de fenda.
Além desses, é possível ocorrer problemas que não tenham correção, resultado de reações químicas ao armazenamento prolongado sob calor ou frio intenso e adição de solventes não apropriados.
Exemplo:
1. Separação dos sólidos do veiculo.
2. Quebra de dispersão (pigmentos se separam do veiculo, sem sedimentação).
3. Gelatinização, (solidificação da tinta).
4. Formação de grumos ou arenosidades.